Make your own free website on Tripod.com
 
 
Título: História do Santuário da Medalha Milagrosa
Autor(a): Mauro Agostinho
 

 

Sobre uma pequena colina na Tijuca, o Santuário da Medalha Milagrosa foi fundado em 1955 pelas irmãs vicentinas mais conhecidas como Irmãs da Caridade.

E caridade é o que não faltou por parte dos amigos e devotos de Nossa Senhora das Graças. Na época contribuições e trabalhos comunitários foram feitos a fim de levantar recursos para a construção daquele que seria o primeiro santuário no Rio de Janeiro dedicado à Nossa Senhora da Medalha Milagrosa.

A idéia da construção do santuário dedicado à Mãe de Deus foi motivada pela canonização da vidente e irmã de caridade Catarina Labouré em 1947.

Tudo começou com uma pequena arrecadação de 50 cruzeiros numa Kermesse organizada pelas irmãs de caridade. Logo, em seguida, surgiram campanhas, como a "Campanha do Tijolo" com os seus 1000 amigos, as festas comunitárias, enfim doações espontâneas e generosas de fiéis que queriam concretizar a construção do belo Santuário da Medalha Milagrosa.

A pedra fundamental foi lançada aos 26 de junho de 1949 com a presença do cardeal do Rio, na época, D.Jaime Câmara. Foram necessários seis anos para concluir as obras do Santuário dedicado a Virgem da Medalha. A inauguração foi no dia 18 de julho de 1955 com uma solenidade majestosa.

A construção passsou por várias outras obras que se seguiram no decorrer dos anos. Atualmente a capelania passa por reformas que estão sendo feitas para acomodar melhor os fiéis.

Todos os anos milhares de fiéis vão ao Santuário agradecer e pedir graças Aquela que é a medianeira de todas as graças.

Santuário da Medalha Milagrosa

Só no dia 27 de novembro, aniversário da aparição, vão ao santuário mais de 10 mil devotos à Medalha Milagrosa. São católicos que vindo do Brasil todo vêm reafirmar uma fé autêntica neste sinal vivo.

A ordem religiosa das Filhas da Caridade tem representações em todo mundo. Só no Brasil existem 2363 filhas da caridade.

Imagem de N. Senhora.das Graças foi transladada para o Santuário

No dia 31 de maio de 1981 a imagem de 5 metros e meio de altura, pesando 4,5 toneladas, foi elevada à uma altura de 60 metros, em cima da torre do Santuário.

Antes, a imagem de Nossa Senhora dominava a colina das filhas da caridade e foi retirada para a construção do atual hospital S. Vicente de Paulo.

 

Como chegar ao Santuário?

O Santuário da Medalha Milagrosa fica na rua Dr. Satamini, 333, ao lado do Hospital S. Vicente de Paulo.

METRÔ - Estação Afonso Pena Seguir sentido contrário a R. Dr. Satamini, até nº 333

ÔNIBUS - * Ponto rua Dr. Satamini Linhas: 220, 233, 234, 238, 239, 404, 409, 415, 426, 432, 433, 592D, 711 - Seguir sentido contrário a Dr. Satamini

ÔNIBUS - * Ponto rua Haddock Lobo Linhas: 220, 233, 234, 238, 239, 409, 415, 432, 433, 592D Atravessar a rua e seguir sentido contrário à rua do Matoso até r. Dr. Satamini, 333

ÔNIBUS - * Ponto Praça da Bandeira Atravessar as passarelas de pedestres e seguir pela rua Matoso até chegar a altura da Rua Dr. Satamini. Localizar o nº 333


Clique aqui para fazer um download do mapa

Santuário da Medalha Milagrosa
Página Principal