Make your own free website on Tripod.com
 
 
Título: Pe. Zizinho
Autor(a): Sergio Vitorino Cesari
 

 

Pe. ZEZINHO, SCJ

 
 
* Colaboração: Banda Dogma - Várzea Grande - MT.
 
01 - Mãe do Céu Morena
Pe. Zezinho, SCJ
Tom: A
 
A                     E   F#m       A                           E   A 
Mãe do Céu morena,     Senhora da América latina
       D                               E                                               D    A
De olhar e caridade tão divina, de cor igual a cor de tantas raças
A               E    F#m     A                                    E    A
Virgem tão serena, Senhora destes povos tão sofridos
  D                                     E                                                     D     A
Patrona dos pequenos e oprimidos, derrama sobre nós as tuas graças
 
     D                                                   A                                     F#m
Derrama sobre os jovens tua luz, aos pobres vem mostrar o teu Jesus
       Bm                  E      E7       A  D  A
Ao mundo inteiro traz o teu amor de mãe
    D                                                A                                            F#m               
Ensina quem tem tudo a partilhar, Ensina quem tem pouco a não cansar
     Bm           E  E7            A    E     A 
E faz o nosso povo caminhar em paz

Derrama a esperança sobre nós, Ensina o povo a não calar a voz
Desperta o coração de quem não acordou
Ensina que a justiça é condição de construir um mundo mais irmão
E faz o nosso povo conhecer Jesus
 
 
02 - Nova Geração
Pe. Zezinho
Tom: Dm
 
Dm                                                            A7                  Dm
Eu venho do sul e do norte, do oeste e do leste, de todo lugar
                                                                A7                   Dm
Estrada da vida eu percorro levando socorro a quem precisar
   Gm                                                                                   Dm
Assunto de paz é meu forte Eu cruzo montanhas e vou aprender
                                     Gm                               Dm           A7                Dm
O mundo não me satisfaz o que eu quero é a paz, o que eu quero é viver.
 
    Gm                          Dm       Gm         Dm           A7         Dm
No peito eu levo uma cruz, no meu coração o que disse Jesus
     Gm                         Dm       Gm         Dm           A7         Dm       
No peito eu levo uma cruz, no meu coração o que disse Jesus
 
 
Eu sei que não tenho a idade da maturidade de quem já viveu
Mas sei que já tenho a idade de ver a verdade o que eu quero ser eu
O mundo ferido e cansado de um negro passado de guerras sem fim
Tem medo da bomba que fez, a fé que desfez mas aponta pra mim
 
Eu venho trazer meu recado, não tenho passado mas sei entender
Um jovem foi crucificado por ter ensinado a gente viver
Eu grito ao mundo descrente que eu quero ser gente, que eu creio na cruz
Eu creio na força do jovem que segue o caminho de Cristo Jesus
 
 
03 - O Viajante
Pe. Zezinho, SCJ / Pe. Glosy Cento
Tom: E
 
     E                                    B            F#m          B7               E         G#m
Eu tinha tanta fome de ir embora, pra ver a vida como a vida era
   A                       B7                 E C#7     A                B7                      E    B7
Pra aquele teu conselho não liguei         e agora vejo o quanto me enganei
 
E                                            B7         A                 B7                   E        G#m
Manda-me um bilhete de regresso, ou venha me buscar: não ando bem
          A               B7                       E   C#m          A                   B7                      E
Pensei que abandonar-te era progresso,        mas sem o teu amor não sou ninguém
 
 
Peguei a minha herança e fui embora, de todos os manjares eu provei
Não houve nada que eu não fiz lá fora, mas nem por isso eu me realizei
 
Dinheiro, amores, droga, malandragem, eu tinha tudo isso e muito mais
Gastei a minha herança na viagem, comprei a vida mas não tenho paz.
 
Eu vi a vida como a vida era, e vi que a vida, às vezes, dói demais
Viver sem teu amor é uma quimera, eu volto a ser teu filho para ter paz.
 
Aos poucos eu ensaio aquele abraço que um filho arrependido dá no pai
Na hora que eu voltar ao teu regaço, te juro que eu não saio nunca mais
 
 
04 - Palavra de Salvação
Pe. Zezinho, scj
Tom: F
 
    F                     C7     Gm        C7               F       C7
Palavra de Salvação somente o céu tem pra dar
      F                    C7        Gm  C7          F  
Por isso meu coração se abre para escutar
 
Bb              F          C7           F
Por mais difícil que seja seguir
Bb       F            C7           F
Tua palavra queremos ouvir
Bb           F            C7         F
Por mais difícil de se praticar
Bb         F            C7            F
Tua Palavra queremos guardar
 
Com Simão Pedro diremos também
Que não é fácil dizer sempre amém
Mas não há outro na terra e no céu
Mais companheiro, santo e fiel!
  
 
05 - Daqui do meu lugar
Pe. Zezinho, scj
Tom: C
 
    C          G7      C            G7       C   
Daqui do meu lugar eu olho teu altar
   F         E7    Am  Dm   C      G7            C
E fico a imaginar aquele pão, aquela refeição
    C          G7    C                    G7            C
Partiste aquele pão e deste aos teus irmãos
    F      E7     Am     Dm      C            G7                     C
Criaste a religião do pão do céu, do pão que vem do céu
C           F               C        F              C                G7            C    G 
Somos a Igreja do Pão, do Pão repartido e do abraço da Paz
C              F              C           F            C             G7             C
Somos a Igreja do Pão, do Pão repartido e do abraço da Paz
 
Daqui do meu lugar, eu olho teu altar
E fico a imaginar aquela paz, aquela comunhão
Viveste aquela paz e a destes aos teus irmãos
Criaste a religião do pão da paz, da paz que vem do céu
Somos a Igreja da Paz, da Paz partilhada e do abraço e do pão
Somos a Igreja da Paz, da Paz partilhada e do abraço e do pão
 
 
06 - Eu não sou digno
Pe. Zezinho, scj
Tom: G
 
G               Am7                    D7
Eu não sou digno, ó meu Senhor
                  Gº       G               Am7                   D7
Eu não sou digno de que Tu entres, ó meu Senhor
               Gº    G                       Dm7 G7             C     C#º
Na minha casa, porque és tão Santo e eu pecador
                  G           Em   Am     D7   G 
Eu nem me atrevo até pedir este favor
 
             D7                  G                      D    Am7   D7(9)  D7(b9) G
Mas se disseres uma palavra, a minha casa se transfor.....ma........rá
         D7                  G    E7       Am               D7      G
Uma palavra é suficiente, suavemente ela nos salvará
 
Eu não sou digna, ó meu Senhor
Eu não sou digna de que tu entres, ó meu Senhor
Na minha casa. Meu coração é tão pecador
que nem me atrevo a te pedir este favor

Página Principal